Debate entre candidatos à Câmara de Setúbal marcado pelo IMI

Política, Setúbal

O debate (https://www.rtp.pt/play/p3801/e305121/autarquicas-2017) que se realizou na noite de 7 Setembro na RTP3, entre os oito candidatos à presidência da Câmara Municipal de Setúbal, ficou marcado pela temática de redução do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) no município, que actualmente está na taxa máxima de 0,45%. Todos concordaram na intenção de reduzir a taxa de IMI, mas a actual presidente e candidata da CDU ao terceiro mandato, Maria das Dores Meira, assegura que aguarda um parecer do governo para proceder a essa redução. Maria das Dores Meira alega que actualmente não pode baixar a taxa de IMI visto que o município está sujeito às normas do Contrato de Reequilíbrio Financeiro que estabelece a cobrança de impostos pelo tecto máximo.

Opinião diferente tem o candidato do PS, Fernando Paulino, que prometeu baixar a taxa a partir de 1 de Outubro, se ganhar as eleições. Os candidatos do PSD, Nuno Carvalho, e do Bloco de Esquerda, Sandra Cunha, também defendem a redução do IMI.

O debate acabou por ser monótomo e pouco interessante para os espectadores, com alguns candidatos a terem um desempenho péssimo, revelando falta de preparação. O debate acabaria por ser dominado pelos candidatos da CDU, PS, PSD e Bloco de Esquerda.

Fernando Paulino prometeu ainda fazer um referendo sobre a localização da Feira de Sant’Iago. Todos defendem a mudança do local da feira para o centro da cidade, com excepção de Maria das Dores Meira.

Facebooktwittergoogle_plus